segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Sarandi: Assassinato na praça da igreja.



Venho aqui denunciar um assassinato com a NATUREZA.

Mais uma vez me deparo com uma atrocidade em nossa praça da igreja.

Observem o que foi feito com o Ypê ou Ipê (podem ser usados os dois) que está localizado na frente da escadaria, foi feita uma poda irregular, essa é uma árvore NATIVA e a poda é um crime.

Gostaria que as autoridades responsáveis pela Secretária do Meio Ambiente punissem o responsável.

INFORMAÇÕES COLHIDAS (25) JUNTO A SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE, NÃO HÁ PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PARA O CORTE OU SEJA A PODA (ASSASSINATO) DOS IPÊS DA PRAÇA DA IGREJA MATRIZ.

LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998.
 
Art. 49. Destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia:
 
Pena - detenção, de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. A poda de árvores é uma agressão a um organismo vivo e indefeso, em muitos casos uma mutilação impiedosa. Contra suas consequências danosas não existe defesa e é um crime ambiental que reduz pela metade a vida de uma árvore, deixando-a mais fraca e vulnerável às doenças.



Com informações do Sarandi RsI

Fonte/Fotos: Rogério Machado | NorteRS

Um comentário:

  1. Leandro Andté Oltramari26 de agosto de 2014 20:53

    Quem é capaz de ofender e maltratar de forma brutal e covarde a natureza que não tem boca para evocar legalmente sua defesa e conservação não tem amor a vida então imaginem em um momento de fúria o que será capaz de fazer a um semelhante. Pensem nisso caros conterrâneos.

    ResponderExcluir