sábado, 24 de agosto de 2019

Homem troca quatro pneus do carro em Passo Fundo e foge sem pagar

Motorista tripulando Parati de cor prata e modelo antigo fugiu do local

Homem troca quatro pneus do carro em Passo Fundo e foge sem pagar
   Créditos: Reprodução/ Câmera Videomonitoramento

O proprietário de uma borracharia localizada no bairro Vera Cruz em Passo Fundo foi alvo de um furto que ocorreu de forma inusitada.

Segundo boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) um homem branco, aparentando 35 a 40 anos, alto, magro, trajando calça jeans e usando um boné azul e óculos de grau, chegou na borracharia na tarde desta sexta-feira, 23, por volta das 15 horas e solicitou a troca de quatro pneus da VW/Parati que conduzia.

Após trocar os pneus velhos por pneus novos da marca Goodyear, o homem entrou no veículo, deu marcha a ré na contramão de direção e fugiu do local sem pagar a conta.

O homem que foi alvo do furto não conseguiu anotar a placa do veículo, porém conseguiu imagens das câmeras de monitoramento de um vizinho que mostra a Parati, modelo antigo, de cor prata fugindo do local.

Qualquer informação que possa levar ao paradeiro da Parati pode ser encaminhada para a Brigada Militar pelo fone 190.


Por Leandro Vesoloski
Rádio Uirapuru | Passo Fundo

Criança de cinco anos morre em acidente de trânsito na ERS 135 entre Coxilha e Sertão

Pai e filha viajavam para Getúlio Vargas para visitar familiares

Criança de cinco anos morre em acidente de trânsito na ERS 135 entre Coxilha e Sertão
   Créditos: Leandro Vesoloski

Um acidente de trânsito do tipo saída de pista seguido de colisão com árvores foi registrado por volta das 12h30min deste sábado, 24, na ERS 135 entre Coxilha e o trevo de acesso ao Instituto Federal de Sertão, na comunidade de Engenheiro Englert.

De acordo com informações apuradas junto a Polícia Rodoviária Estadual no local do acidente, um veiculo VW/Fox de Santo Ângelo que trafegavam no sentido Coxilha/Sertão saiu da pista na altura do KM 31 e se chocou contra árvores a margem da rodovia.

O veículo era tripulado pelo condutor e por uma criança de cinco anos que morreu no local. Ela foi identificada como Alice Gabriela Bettker.

Conforme informações da Polícia Rodoviária Estadual a criança utilizava o equipamento de retenção do tipo assento de elevação, próprio para idade, e cinto de segurança.

Estiveram no local uma guarnição do Corpo de Bombeiros e os socorristas da EGR, porém a vítima já estava em óbito.

O condutor que é pai da criança teve um ferimento sem gravidade na cabeça e permaneceu no local durante todo o atendimento a ocorrência. Eles viajavam para Getúlio Vargas para visitar familiares.

A PRE sinalizou o local e acionou os peritos do Instituto Geral de Perícias e a Polícia Civil para levantamento dos fatos para posterior identificação das causas do acidente.




Por Leandro Vesoloski
Rádio Uirapuru | Passo Fundo

Incêndio de grandes proporções atinge área de lavoura em Braga



Por volta das 12h30min deste sábado (24/08) a comunidade Braguense foi surpreendida por um incêndio de grandes proporções em uma área de terra próxima à zona urbana da cidade.

Não se sabe a origem do incêndio, mas informações são de que o foco inicial se deu próximo a uma mata nas margens do Rio Braga e rapidamente se alastrou para dentro da propriedade rural.

Já passa de 02 hectares a área atingida pelas chamas, populares e o Poder Púbico municipal trabalham na área com tratores agrícolas equipados com grades para evitar que o incêndio se propague ainda mais.



Fonte/Fotos: Observador Regional

Mãe conivente com adolescente traficante é presa em Santiago



A Seção de Investigação da Delegacia de Polícia de Santiago cumpriu mandado de busca e apreensão em uma residência no bairro Alto da Boa Vista, em Santiago, na tarde desta sexta-feira, 23. No local, os policiais civis localizaram 201 gramas de Maconha, 124 gramas de Cocaína, balança digital para pesagem dos entorpecentesuma faca e uma caixa de papelão com restos de Cocaína. Três celulares também foram apreendidos.

O suspeito de comercializar as drogas no imóvel, um adolescente de 17 anos, foi liberado após o registro da ocorrência na Polícia Civil e terá sua conduta investigada através de inquérito policial. Sua mãe, de 45 anos, foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico e conduzida ao Presídio. 

No entendimento da Delegada de Polícia Elisandra Mattoso Batista, titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, a mãe do adolescente era conivente com o tráfico já que as drogas e a balança digital estavam no balcão da cozinha, em cima de um móvel na sala e na dispensa, locais visíveis por ela que se encontrava na casa durante o cumprimento da ordem judicial. Os dois responderão criminalmente.

Como a lei brasileira não permite a identificação do menor, mesmo havendo indícios de sua participação no crime, o nome da mãe não foi divulgado.


Blog do Rafael Nemitz
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Intensificadas buscas por desaparecido em Caiçara

Corpo de Bombeiros, Brigada Militar, Polícia Civil e populares procuram por Sidinei da Rosa


Foto: Divulgação

Órgãos de segurança pública da região estão mobilizados na busca por Sidinei da Rosa, de 34 anos. O homem está desaparecido desde a terça-feira, 20, quando foi visto pela última vez em linha Napoleão, em Caiçara, quando saiu a cavalo. O animal foi abandonado às margens do rio Uruguai.

Desde então, Corpo de Bombeiros, Brigada Militar, Polícia Civil e a comunidade o procuram. "Não temos indicação do local onde o desaparecido está. Foi repassada informação para os órgãos de segurança do Estado e Oeste de Santa Catarina", revelou o delegado Eduardo Nardi, responsável pelas investigações.


Fonte: Jornal O Alto Uruguai

Bolsonaro anuncia ações e credita queimadas a clima quente

Em pronunciamento, presidente reforçou que incêndios de vegetação ocorrem todos os anos na região

Pronunciamento foi ao ar em rádios e TVs na noite desta sexta-feira
   Pronunciamento foi ao ar em rádios e TVs na noite desta sexta-feira 

Em pronunciamento a rádios e TVs na noite desta sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre as medidas adotadas pelo governo federal para combater os incêndios na Amazônia Legal. O presidente creditou a situação, ainda, ao clima mais quente em 2019, e que as queimadas ocorrem todos os anos. A principal medida de controle foi a assinatura da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) por parte das Forças Armadas para atuação na região.

De acordo com Bolsonaro, a questão da Amazônia tem atraído a "atenção do Brasil e do mundo" nas últimas semanas, e citou que trata-se de parte essencial da História e do território do país. "Pela minha trajetória como militar e homem público, tenho profundo respeito pela Amazônia, e a proteção dela é nosso dever", assegurou.

Ele garantiu que o Governo Federal ofereceu ajuda a todos os Estados que fazem parte da Amazônia legal, e voltou a citar a assinatura da GLO que garante a atuação das Forças Armadas no território, para ajudar a combater desmatamento ilegal, atividades criminosas e avanços de queimadas na região.

Bolsonaro reforçou que as queimadas na região ocorrem em todos os anos, e reafirmou mais uma vez que o país é exemplo de sustentabilidade. "Em anos mais quentes, elas acontecem com maior frequência. Mas não estamos satisfeitos com isso, e vamos atuar fortemente para controlar os incêndios na Amazônia", garantiu.

A medida já foi publicada no Diário Oficial da União. O Twitter do Palácio do Planalto postou e confirmou a assinatura do decreto.

View image on Twitter


Por Correio do Povo

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Três Passos: SAMU poderá funcionar junto ao Corpo de Bombeiros

Alternativa será apresentada para que o Corpo de Bombeiros avalie internamente a proposta

   Reunião aconteceu no gabinete da Prefeitura de Três Passos (Foto: Divulgação)

O prefeito de Três Passos, José Carlos Amaral, esteve reunido nesta quinta-feira (22) com os representantes do Pelotão do Corpo de Bombeiros de Três Passos, no Gabinete da Prefeitura.

Na ocasião, esteve em pauta a reforma da sede do pelotão, como a pintura e diversas adequações, que serão realizadas com recursos oriundos do Fundo Municipal de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros (FUNREBOM), provenientes da taxa de expedição de alvará das inspeções obrigatórias previstas em lei em prédios e edificações, feitas pelo Corpo de Bombeiros.

O prefeito ainda tratou da possibilidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) funcionar junto à base do Corpo de Bombeiros, dentro da nova estrutura que, em conjunto com os demais municípios, está sendo formatada.

O Município de Três Passos vai manifestar a intenção por meio de ofício ao Corpo de Bombeiros local, detalhando a proposta para que seja submetida a avaliação nas demais instâncias do órgão.

O prefeito ressalta que o funcionamento do SAMU junto ao Corpo de Bombeiros viria a fortalecer o pelotão e seria uma forma de deixar o serviço mais eficiente, evitando que as duas viaturas se deslocassem para atender a mesma ocorrência.

Participaram da reunião o vice-prefeito, Jorge Leandro Dickel, a procuradora-geral do Município, Geciana Seffrin, e os representantes do Corpo de Bombeiros, 1º Tenente Anderson Geier e o 1º Sargento Márcio Renato Carvalho.



Fonte: Assessoria de Comunicação (Prefeitura de Três Passos)
Rádio Alto Uruguai

Esperança do Sul: BM prende homem por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito

Indivíduo foi abordado em Três Passos e tentou fugir, até ser parado em Esperança do Sul

   Homem foi detido pela BM (Foto: 7º BPM/Divulgação)

No final da tarde de quinta-feira (22), por volta das 18h20min, guarnições da Brigada Militar (BM) tentaram abordar um veículo no centro da cidade de Três Passos, tendo o condutor iniciado fuga em direção ao município de Esperança do Sul, local em que foi abordado.

Durante a revista veicular foram localizadas no automóvel, duas pistolas, uma calibre 9mm, com 13 munições, e outra calibre 380, com duas munições.

O homem foi preso em flagrante e conduzido até a Delegacia de Polícia de Três Passos, sendo arbitrado fiança para responder ao processo em liberdade.



Fonte: Rádio Alto Uruguai (com informações da Brigada Militar)

Operação Mão nos Obras desarticula organização criminosa e prende seis pessoas em Gravataí


DPHPP_Gravataí
   Operação Mão nos Obras (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta-feira (23), por meio da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Gravataí, a Operação Mão nos Obras no combate aos crimes de homicídio e tráfico de drogas praticados por organização criminosa em Gravataí. Na ação, seis pessoas foram presas, sendo apreendidas quatro armas de fogo, munições, 550 pedras de crack, 50 buchas de cocaína, 77 porções de maconha, R$4.475,25, além de outros objetos.

De acordo com o delegado Eduardo Amaral, a ação policial teve como desiderato a prisão dos autores de um homicídio consumado e outro na forma tentada ocorrido há aproximadamente um mês em Gravataí, além do desmantelamento de organização criminosamente atuante no bairro Tom Jobim na mesma cidade.

A ação contou com o apoio da Brigada Militar e da Guarda Municipal do município.


Matheus Lima
Michel Fontana
Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul

Polícia Civil cumpre mandado de prisão por tráfico de drogas em São Luiz Gonzaga


47c90911-777b-4d84-b692-96eeba8eb758

Na tarde desta quinta-feira, a Polícia Civil efetuou o cumprimento de mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão por tráfico de drogas em São Luiz Gonzaga.

A prisão foi decretada no processo instaurado para apuração de tráfico de drogas, em operação denominada ‘MARCONHA’, da qual resultou em prisão em flagrante no dia 24 de maio deste ano, quando, em cumprimento a mandado de busca e apreensão, ocorreu a apreensão de drogas na residência dos investigados, pai e filho.

Em prosseguimento das diligências para a conclusão das investigações, a autoridade policial representou pela decretação da prisão preventiva de A.D.S., cujo mandado foi cumprido nesta tarde em atividade conjunta entre a DP/São Luiz Gonzaga e integrantes da DRACO – Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, inaugurada nesta quarta-feira, com a presença da Chefe de Polícia do Estado do RS.


Fonte: Polícia Civil
Rádio São Luiz

Homem é morto a pauladas na Grande Integração em Passo Fundo

A vítima teria sido agredida com um porrete dentro da residência e após os suspeitos teriam arrastado o corpo até o pátio


Um homem foi morto com uma paulada na cabeça no bairro Grande Integração, em Passo Fundo, durante a madrugada desta sexta-feira (23). Segundo registro no boletim de ocorrência, o crime ocorreu na Rua Valdo Nunes Vieira por volta das 3h da manhã.

A Brigada Militar teria sido acionada até o endereço onde havia o indivíduo em óbito. Chegando no local, os policiais confirmaram o fato e localizaram um porrete que teria sido utilizado no crime.

Segundo informações apuradas pela Uirapuru, a vítima teria sido agredida por dois irmãos que residiam no local. Vítima e suspeitos de ter cometido o crime seriam amigos e teriam envolvimento com drogas.

A vítima teria sido agredida com um porrete dentro da residência e após os suspeitos teriam arrastado o corpo até o pátio e depois empreenderam fuga.

No bolso da vítima foi localizado um isqueiro e um canivete. A vítima não possuía documentação e, de acordo com as informações de uma testemunha, chamava-se João dos Santos e teria aproximadamente 40 anos.

A Brigada Militar acionou os peritos do IGP e a Polícia Civil para levantamento das informações e apuração dos fatos.


Por Gabriel Nunes
Rádio Uirapuru | Passo Fundo

Bolsonaro denuncia "mentalidade colonialista" de Macron

Segundo o presidente, tom sensacionalista não traz solução ao problema

Segundo o presidente, tom sensacionalista não traz solução ao problema
   Segundo o presidente, tom sensacionalista não traz solução ao problema 

Jair Bolsonaro acusou nesta quinta-feira o presidente francês, Emmanuel Macron, de atuar com "mentalidade colonialista" sobre a questão da Amazônia, após convocar os membros do G7 para discutir sobre a "crise" gerada pelos incêndios na região. "Lamento que o presidente Macron busque instrumentalizar uma questão interna do Brasil e de outros países amazônicos para ganhos políticos pessoais. O tom sensacionalista com que se refere à Amazônia não contribui em nada para a solução do problema", disse Bolsonaro, acrescentando que o líder francês utilizou, inclusive, "fotos falsas". "O governo brasileiro segue aberto ao diálogo, com base em dados objetivos e no respeito mútuo. A sugestão do presidente francês, de que assuntos amazônicos sejam discutidos no G7 sem a participação dos países da região, evoca mentalidade colonialista descabida no século XXI".

Macron disse nesta quinta-feira que os incêndios que atingem a Amazônia são uma "crise internacional" e convocou os membros do G7 a discutir "esta emergência" na cúpula de Biarritz, prevista para este final de semana. "Nossa casa está em chamas. Literalmente. A Amazônia, pulmão de nosso planeta, que produz 20% do nosso oxigênio, está pegando fogo. Essa é uma crise internacional. Membros do G7, vamos discutir esta emergência nos dois primeiros dias" da cúpula, tuitou o presidente. Mas Macron acompanhou seu tuíte com uma foto tirada da Amazônia há 16 anos pelo fotógrafo americano Loren McIntyre. 

O líder francês se uniu com seu tuíte ao secretário-geral da ONU, António Guterres, que se mostrou "profundamente preocupado" com os incêndios na Amazônia, após o presidente Jair Bolsonaro denunciar uma "psicose ambiental"

Comissão

Também por meio do Twitter, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou a criação de uma comissão externa para acompanhar os casos de queimadas que atingem a Amazônia desde o final de julho. De acordo com Maia, também será realizada uma comissão geral para avaliar a situação e propor soluções.

Ministro do Meio Ambiente

Em reação a omissão do Ministério do Meio Ambiente em relação as queimadas da Amazônia, o partido Rede Sustentabilidade protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quinta-feira, um pedido de impeachment contra o ministro Rodrigo Salles. A REDE acusa Salles por crime de responsabilidade. Além disso, a sigla defende que houve violação da Constituição Federal. Isso teria se dado principalmente com a alteração da governança do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

"A lei 1079 de 1950 estabelece os crimes de responsabilidade, mais precisamente no artigo nono, quando diz ‘descumprir o dever funcional’ relativo às políticas direcionadas à proteção do meio ambiente, porque o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado é uma garantia constitucional. Esse é um direito humano essencial", afirmou o senador do Espírito Santo Fabiano Contarato, presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado.


Por AFP
Correio do Povo

Rede protocola pedido de impeachment contra Salles

Ministro é acusado de crime de responsabilidade por violar Constituição e negligenciar a situação ambiental do país

Ministério já foi alvo de ações judiciais
   Ministério já foi alvo de ações judiciais 

A Rede Sustentabilidade protocolou nesta quinta-feira, no Supremo Tribunal Federal (STF), um pedido de impeachment contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por crime de responsabilidade. A iniciativa partiu do senador do Espírito Santo Fabiano Contarato, presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado. Ele acusa o titular da pasta de omissão diante do aumento das queimadas na Amazônia e de negligenciar a situação ambiental do país. Além, defende que houve violação da Constituição Federal.

Isso teria se dado principalmente com a alteração da governança do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). "A lei 1079 de 1950 estabelece os crimes de responsabilidade, mais precisamente no artigo nono, quando diz ‘descumprir o dever funcional’ relativo às políticas direcionadas à proteção do meio ambiente, porque o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado é uma garantia constitucional. Esse é um direito humano essencial", afirmou.

Também foi ressaltado no pedido uma perseguição a servidores públicos, como a exoneração do cargo de chefia que ocupava no Ibama o fiscal José Olímpio Augusto Morelli, responsável por multar o presidente Jair Bolsonaro em 2012. "Essa medida extremada não surgiu da noite para o dia, só eu enquanto senador já ajuizei oito ações em desfavor deste ministério, seja arquição de descumprimento de preceito fundamental, ação popular, porque está havendo um verdadeiro desmonte na área ambiental", defendeu o senador.

Contarato argumentou que a fundamentação de seu pedido é mais profunda quando se analisa o comportamento do ministro, citando o fim da secretaria de mudanças climáticas e do plano de combate ao desmatamento. "Juntando essas duas, o resultado vai no aumento de desmatamento, nos incêndios e no desmonte do que está ocorrendo. Mais ainda, puxando pelo artigo 186 do Código Civil, é expresso ao estabelecer que todo aquele que por omissão voluntária, por negligência ou imprudência, ocasiona um dano, mesmo que moral, fica obrigado a reparar", disse.

Ressaltou, contudo, que o dano causado por Salles "é material, viola o principal bem jurídico que tem que ser protegido pelo poder público, que é vida humana, o respeito e a integridade física". "Defender o meio ambiente é defender as vidas humanas que estão por vir", finalizou.

PSOL convoca ministro para explicação na Câmara


Nesta quinta, deputados do PSOL na Câmara protocolaram um requerimento de convocação de Salles para que dê explicações no plenário da Casa sobre o aumento das queimadas na Amazônia e o desmonte nos órgãos de fiscalização. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram registrados 74.155 incêndios na floresta desde janeiro, um aumento de 82% em relação ao mesmo período de 2018.


Por Correio do Povo

Macron convoca G7 para discutir queimadas na Amazônia

Líderes se reúnem a partir de sábado no famoso balneário francês de Biarritz

Imagem de satélite divulgada hoje pela Nasa mostra focos de incêndio na Amazônia em diversos Estados brasileiros
Imagem de satélite divulgada hoje pela Nasa mostra focos de incêndio na Amazônia em diversos Estados brasileiros 

O presidente francês Emmanuel Macron convocou nesta quinta o G7, grupo de potências globais composto por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, para ter uma discussão de emergência sobre as queimadas na Amazônia. "Nossa casa está pegando fogo. Literalmente. A floresta amazônica — o pulmão do planeta que produz 20% do nosso oxigênio — está em chamas. É uma crise internacional. Membros do G7, vamos discutir essa situação emergencial em dois dias", escreveu em seu Twitter o chefe do Palácio dos Eliseus.

A cúpula do G7 começa no sábado e segue até segunda no famoso balneário francês de Biarritz, um dos destinos prediletos da realeza europeia e mais recentemente dos surfistas. O local terá grande um esquema de segurança para receber os líder de Estado. Atualmente na presidência do grupo, a França anunciou que ações de preservação ao meio ambiente serão uma das prioridades em seu mandato e propôs a assinatura de uma "Carta de delegação responsável" com compromissos específicos. Também foi lançado, em abril, um rótulo de baixo carbono, apoiado pelo Ministério da Transição Ecológica e Solidária e pelo Ministério da Agricultura.

A floresta amazônica, considerada o pulmão do planeta Terra, sofre desde o final de julho com queimadas que podem ser vistas do espaço, segundo fotos do satélite Aqua, divulgadas pela Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Estados Unidos, (Nasa), nesta quinta. O problema é recorrente, mas o número de focos cresceu 70% até o dia 18 de agosto neste ano, na comparação com o mesmo período de 2018. Os dados são da medição do Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse em seu perfil pessoal no Twitter que a Casa vai criar uma comissão externa para acompanhar o problema das queimadas que atingem a Amazônia. Além disso, o parlamentar  informou que também vai realizar uma comissão geral nos próximos dias para avaliar a situação e propor soluções ao governo.

Nesta quinta-feira, ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que países europeus usam o discurso ambientalista como forma de estabelecer barreiras à produção brasileira. "Nós não podemos ser ingênuos. Os europeus usam questão do meio ambiente por duas razões: a primeira, para confrontar os princípios capitalistas. Porque desde que caiu o Muro de Berlim e fracassou a União Soviética, uma das vertentes para as quais a esquerda europeia migrou foi a questão do meio ambiente. E a outra coisa, para estabelecer barreiras ao crescimento e ao comércio brasileiro de bens e serviços", comentou, após participar de um evento privado.

Bolsonaro sugere ação de ONGs

O presidente Jair Bolsonaro disse nessa quarta-feira que o aumento de queimadas registrado nos últimos dias pode ser resultado de ação criminosa. Para o chefe de Estado, elas podem ser uma reação à suspensão de repasses do governo para organizações não governamentais (ONGs) e a verbas de países para o Fundo Amazônia, projeto de cooperação internacional para preservação da floresta. Os principais doadores do fundo, Alemanha e Noruega, anunciaram a suspensão de seus repasses após a divulgação das taxas de desmatamento na região.


Por AFP e Correio do Povo

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Operação Graneleiro: mais de 193 toneladas de soja são recuperadas em Getúlio Vargas


Operação Graneleiro: mais de 193 toneladas de soja são recuperadas em Getúlio Vargas
   Créditos: Reprodução

Na manhã desta quinta-feira (22), a Delegacia de Polícia Civil Marau, através do chefe de investigação Ivan Bernardi e delegado Norberto Rodrigues e com o apoio de Delegacia de Getúlio Vargas, através do chefe de investigação Lairton Londero e delegado Jorge Pierezan, deflagrou a Operação Graneleiro em Getúlio Vargas.

Na ação foi desarticulada uma quadrilha de desvio de cargas e recuperado mais de 193 toneladas de soja. O valor da carga recuperado é estimado em aproximadamente R$ 251 mil.

As investigações revelaram um esquema operado por alguns motoristas e agricultores. Empresas contratavam o frete da carga para seus locais de exportação, como o Porto de Rio Grande, por exemplo, mas a carga não chegava ao destino final.

Antes de descarregar a carga, era recebido notas de produção de alguns agricultores e tornava-se legal para viajar para um novo local. Esta carga de soja era então recebida em cooperativas e silos em boa fé e armazenada. As investigações procedem e poderão revelar a participação de pessoas de outras cidades além de Getúlio Vargas.

Durante a operação foram presos em flagrante dois indivíduos de iniciais J.A.P., de 55 anos e A.P., de 25 anos, pelos delitos de posse irregular de arma de fogo e recepção, sendo a arma de fogo roubada em Passo Fundo.


Por Gabriel Nunes
Rádio Uirapuru | Passo Fundo

Polícia Civil recupera 21 toneladas de carne roubada em São Luiz Gonzaga



DRFC_Deic
   Carga recuperada (Foto: Polícia Civil)

Na manhã desta quinta-feira (22), a Polícia Civil prendeu um homem por receptação e recuperou, nas cidades de itapema e Tijucas em Santa Catarina, 21 toneladas de carne roubada nas cidades de São Luiz Gonzaga e Presidente Prudente, em São Paulo. Na ação, realizada através da Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas (DRFC), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), outros indivíduos suspeitos de envolvimento no crime foram identificados.

Conforme o delegado Alexandre Fleck, em 13 de agosto deste ano, na cidade de São Luiz Gonzaga, indivíduos subtraíram, mediante grave ameaça exercida com arma de fogo, uma carreta contendo aproximadamente 21,1 toneladas de carne bovina (picanha), proveniente da Argentina. "Após o recebimento de informações e investigações, foram realizadas diligências nas cidade de Palhoça (SC) e posteriormente em Tijucas. Nesta cidade, o homem foi preso e foram localizadas 313 caixas da carga roubada, pesando aproximadamente 5,2 toneladas. Além disso, aproximadamente 1,7 toneladas de carne foram identificadas como sendo proveniente de outro roubo, ocorrido em Presidente Prudente em São Paulo.

Durante novas diligências, na cidade de Itapema, foi encontrado um sítio, onde em contêineres foram localizadas mais 841 caixas de carne provenientes do roubo em São Luiz Gonzaga, pesando 14,2 toneladas. Eles pertenciam a uma panificadora e eram alugados para o gerente de um supermercado de Itapema. Testemunhas do fato, além de um funcionário do suspeito que compareceu ao local para carregar a carne, confirmaram o crime de receptação. O suspeito, porém, ainda não foi encontrado.

"Foi recuperada a quase totalidade da carne roubada em São Luiz Gonzaga, avaliada em aproximadamente 800 mil reais, além de parte da carga subtraída em São Paulo. Ressalto que a ação da especializada serviu, além para a recuperação da carga, para a obtenção de importantes provas na determinação da autoria e materialidade do roubo, bem como no entendimento da cadeia de receptação", afirmou Fleck.


Matheus Lima
Jorge Felipe
Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul