sexta-feira, 29 de abril de 2011

Encontro Regional do PP em Santo Augusto foi aula de política e democracia

Deputado Jeronimo Goergen no encontro do PP
Foto: Joce Rodrigues

     O encontro regional do Partido progressista (PP) realizado na noite desta quinta-feira em Santo Augusto teve a participação de lideranças reunindo prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes, filiados, simpatizantes do partido, do coordenador político do PP, Ernani polo e do deputado federal Jerônimo Goergen.
      Os discursos foram para o partido uma grande avaliação do dia-a-dia da política de cada município da região, com analise também a nível estadual, onde o partido já lança candidatura própria para o governo do estado na próxima eleição com o nome da senadora Ana Amélia Lemos.
     Também foi presença marcante ao evento a juventude do PP e da Ação da Mulher Progressista, uma marca registrada nos encontro do partido.
     O encontro foi realizado no Restaurante Burin, no centro da cidade.

 Por: Joce Rodrigues  

quinta-feira, 28 de abril de 2011


Paula Fernandes


     Cantora, compositora e instrumentista, artista já foi indicada ao Prêmio TIM de Música e soma mais de 1 milhão de visualizações dos novos clipes
     Ao ouvir a voz e a música de Paula Fernandes pela primeira vez, os sentidos se voltam para um dos sentimentos mais fortes do ser humano: a paixão. Paula canta com emoção, intensidade, verdade e muito talento. Compositora desde criança, seus versos infantis tornaram-se belos temas de amor. Aos 25 anos e depois de quatro álbuns independentes, esta mineira de Sete Lagoas chega ao grande público através da Universal Music, que lança o álbum "Pássaro de Fogo", reunindo 15 canções autorais da artista, incluindo o estrondoso sucesso "Meu eu em você", composição de Paula Fernandes na voz da dupla Victor & Leo.
     Apesar da paixão e do amor como temas fortes e recorrentes, o novo trabalho de Paula não se limita às baladas românticas e inclui arrasta-pés e bailões perfeitos para qualquer festa, além de toadas tradicionais do cancioneiro popular interiorano. Nas músicas, Paula destila emoção ao falar sobre sentimentos comuns à juventude que descobre a vida, como relacionamentos amorosos, amizades inabaláveis, saudades sem fim, traição, amor pelo campo e a alegria dos interiores brasileiros.
     Produzido por Marcus Vianna, Márcio Monteiro e pela própria cantora, o álbum abre com a paixão e a bela voz que caracterizam o trabalho de Paula Fernandes. Pássaro de fogo é uma irresistível declaração de amor de uma mulher forte e independente. A voz grave de Paula cresce com a letra e os arranjos de cordas da canção. 
     A levada pop da jovem aparece nas músicas Chuva chover, que mostra sua ligação com o campo, e Pra quê Inventaram o Amor, sobre a dor de não ser correspondido. Música mais conhecida de Paula, Meu eu em você pode ser ouvida em duas versões no novo álbum: Acústica, na qual o acordeom e o violão num arranjo simples dão o tom para sua voz bela e segura, e a versão pop, com Paula ao violão à frente de uma banda afiada.
     Outro destaque do disco é a romântica Quero sim. Paula sabe bem como expressar os sentimentos em seus versos .
     A voz doce e madura é entoada com uma leveza ímpar. No mesmo caminho seguem Sede de Amor e Vai, que mostram como a mineira canta com o coração.
     Do romantismo aos bailões, Paula Fernandes atesta que sabe colocar a turma para dançar em músicas com toques bem brasileiros, como o arrasta-pé Debaixo do Cacho. Em Espaço Sideral, parceria de Paula Fernandes com Victor Chaves (da dupla com Leo), a mineira conta com a participação marcante da dupla César Menotti & Fabiano.    Já na letra de Apaixonados pela Lua, Paula canta com voz aveludada as imaginações femininas numa levada gostosa e dançante.
     Bastante influenciada pela música sertaneja de raiz e amante do campo, Paula Fernandes também aposta em releituras joviais para temas rurais. Como em Dança Menina, canção sobre a natureza e seu poder de mover o mundo; em Sem você, mais uma composição de Paula e Victor Chaves, já gravada pelo próprio com o irmão Leo e pela dupla Bruno e Marrone, interpretada com romantismo e forte presença de acordeom e violas; e em Jeito de Mato, composição da artista em parceria com o amigo Maurício Santini, que traz a participação especial do cantor e ídolo Almir Sater. A canção tornou-se um dos temas da novela Paraíso, da Rede Globo.
     Paula Fernandes reúne todos os indícios de uma artista de carreira sólida e durável. Talento para cantar, compositora primorosa, destreza no violão de seis, sete e 12 cordas, segurança, carisma, espontaneidade e muita persistência e otimismo. Não foi à toa que saiu de Sete Lagoas e chegou até aqui.
     “Ela vai ser uma das maiores artistas brasileiras. Além de uma voz linda e poderosa, Paula Fernandes é grande compositora. Vocês ainda vão ouvir falar muito dessa mineirinha." Leonardo
     “Paula consegue unir o conceitual e o popular na medida certa.”
César Menotti
     “Compondo ou cantando, Paula Fernandes transmite autenticidade e carisma que poucos artistas possuem. Suas músicas transparecem sua simplicidade e alegria de viver. Seu sucesso será uma conseqüência natural.” Eduardo Costa

Paula Fernandes no lançamento da edição 2011 
do Jaguariúna Rodeio Festival
foto_blog1
      Uma viagem de trem ao lado da cantora Paula Fernandes e do peão Adriano Moraes desperta boas risadas. Mesmo que o trajeto seja tão curto: entre a Estação Carlos Gomes, em Campinas, e Jaguariúna. Na primeira parada da locomotiva numa ponte sobre o rio, as dicotomias entre os dois florescem de vez. Todo valentão, o peão, tricampeão mundial de rodeio em touros, tentar encorajar a cantora a olhar para baixo. Tarefa nada fácil. A cantora, em fragilidade, desabafa: "Ele vai ficar parado mesmo?". O encontro dos dois na manhã desta segunda-feira (25) marcou o lançamento da edição 2011 do Jaguariúna Rodeo Festival (JRF). Entre as novidades, duas despertam comentários: a grife JRF se tornou uma franquia e a partir do próximo ano a festa ganha novo (e maior) espaço.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Morre aos 56 anos Neusinha Brizola, filha do ex-governador do Rio

O deputado federal Brizola Neto anunciou a morte da tia em seu blog (Foto: Reprodução / Internet)
O deputado federal Brizola Neto anunciou a morte
da tia em seu blog (Foto: Reprodução / Internet)

     Neusa Maria Goulart Brizola, de 56 anos, filha do ex-governador do Rio Leonel Brizola, morreu na tarde desta quarta-feira (27), no Rio de Janeiro. Neusa deixa dois filhos, Laila e Paulo Cesar.
     Segundo o PDT, partido que seu pai ajudou a fundar, "Neusinha", como era conhecida, estava internada desde domingo (24), na Clínica São Vicente, na Gávea, na Zona Sul da cidade, com complicações pulmonares decorrentes de uma hepatite.
     Ainda de acordo com o partido, o corpo será velado no Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira (28), ele deverá ser levado para o município de São Borja (RS), onde será enterrado. Os horários do velório e enterro ainda não foram divulgados.
     O deputado federal Brizola Neto (PDT) anunciou a morte da tia em sua página pessoal na internet. Segundo ele, Neusinha será enterrada ao lado dos pais. O deputado, que está em Brasilia, virá ao Rio para acompanhar o velório da tia.
Fonte: Do G1 RJ

SEGUNDONA GAÚCHA: 2ª rodada da segunda fase

Resultados de quarta-feira a tarde:

Farroupilha
0
x
0
   São Paulo
Guarany/CAM
0
x
0
   Avenida
Sapucaiense
3
x
3
   Brasil/FAR
14 de Julho
2
x
1
   Panambi
Riograndense
2
x
1
   SER Santo Ângelo
União Frederiquense
2
x
1
   Juventus
Cerâmica
0
x
2
   Esportivo

O Jogo entre Passo Fundo x Riopardense começa às 20h

Quinta-feira fecha a segunda rodada da segunda fase com os jogos:

Guarani/VAI x Glória – 20h
Brasil/PEL x Rio Grande – 20h30m

Por: Joce Rodrigues

SES disponibiliza medicamento contra infecção respiratória em bebês prematuros

      Em maio, a secretaria Estadual da Saúde passa a disponibilizar o medicamento Palivizumabe, destinado à prevenção do  Vírus Sincicial Respiratório (VSR), responsável pela bronquiolite. Trata-se de uma medida inédita no Estado que faz parte do conjunto de ações que têm por objetivo a redução do coeficiente de mortalidade infantil no Rio Grande do Sul.
     A ação é fruto de uma iniciativa conjunta entre o Programa Estadual de Imunizações do centro de Vigilância em Saúde, a divisão da Criança e do Adolescente do Departamento de Ações em Saúde e da Coordenação da Política de Assistência Farmacêutica (CPAF). 
     O  Palivizumabe será aplicado em bebês prematuros e crianças menores de dois anos portadoras de doença pulmonar crônica, nos Centros de Referência em Imunobiológicos Especiais (CRIE) do Sanatório Partenon e do Hospital Materno Infantil Presidente Vargas,em Porto Alegre. 
     Inicialmente, também estão listados como referência, os ambulatórios de bebês egressos prematuros dos hospitais São Francisco de Paula de Pelotas, do Hospital Universitário de Santa Maria, do Hospital Geral de Caxias do Sul, e da Santa Casa de Caridade de Bagé.
     Há possibilidade desta rede ser ampliada a partir da implementação e habilitação de outros ambulatórios de bebês egressos prematuros no Rio Grande do Sul.
     O período de fornecimento e aplicação do palivizumabe obedece a critérios técnicos, definidos pelo período de sazonalidade da circulação do vírus no Estado, que se estende durante os meses de maio a setembro de cada ano. Cada criança poderá receber até cinco doses anuais do medicamento (maio a setembro) no primeiro ano de vida. 
     Para receber as doses, as crianças devem ser cadastradas a partir de encaminhamento do médico que a acompanha, junto com outros documentos previstos na norma técnica Palivizumabe abril/2011.
Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Secretaria da Saúde / RS

Situação da dengue no RS

     O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) divulgou nesta terça-feira (26/04) boletim epidemiológico atualizando a situação da dengue no Estado. Neste ano, já foram confirmados 62 casos autóctones (contraídos dentro do Rio Grande do Sul) e outros 51 importados, de residentes no Estado que contraíram a doença em outros estados ou países. Os casos suspeitos notificados já somam 953 registros, sendo que destes, 608 já foram descartados por exames laboratoriais.
     Dos casos que contraíram a dengue no Estado, a maioria são da Região Noroeste: nove localizam-se em São Luiz Gonzaga, quarenta e quatro no município de Santa Rosa, três no município de Três de Maio e um em Santo Cristo que contraiu a doença em Santa Rosa. Nessa região identificou-se o sorotipo viral Denv 1.
     Na Região Metropolitana iniciou-se a circulação viral recentemente, no mês de abril, com quatro casos em Porto Alegre e um em Alvorada, que se contaminou em Porto Alegre no local de trabalho. Estão sendo desenvolvidas ações conjuntas dos níveis municipal e estadual para o controle do mosquito vetor, organização da assistência aos doentes e mobilização social.
     A distribuição dos casos notificados de dengue por município de residência incluindo confirmados (autóctones e importados) em 2011, no RS, encontra-se na tabela a seguir:

Alvorada: 1 caso autóctone (contraiu a doença em Porto Alegre)
Caçapava do Sul: 1 caso importado do Paraguai
Cachoeirinha: 2 casos importados do Ceará
Campo Bom: 1 caso importado do Ceará
Canoas: 3 casos importados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte
Carazinho: 2 casos importados do Paraná
Caxias do Sul: 1 caso importado do Amazonas
Estância Velha: 1 caso importado do Maranhão
Estrela: 1 caso importado do Rio de Janeiro
Frederico Westphalen: 1 caso importado do Rio de Janeiro
Guaíba: 1 caso importado do Pará
Ijuí: 2 casos importados do Pará e Ceará
Minas do Leão: 1 caso importado do Paraná
Montenegro: 1 caso importado do Rio de Janeiro
Novo Hamburgo: 3 casos importados do Ceará e Amazonas
Passo Fundo: 1 caso importado do Pará
Porto Alegre: 4 casos autóctones do Paraguai, PE, CE e BA
Rio Grande: 2 casos importados do Rio de Janeiro
Roca Sales: 1 caso importado do Paraguai
Santa Maria: 2 casos importados do Rio de Janeiro
Santa Rosa: 44 casos autóctones e 1 caso importado de Goiás
Santo Cristo: 1 caso autóctone (contraiu a doença em Santa Rosa)
São Luiz Gonzaga: 9 casos autóctones e 2 casos importados do Mato Grosso do Sul e Pará
São Marcos: 1 caso importado de Pernambuco
Três de Maio: 3 casos autóctones
Uruguaiana: 1 caso importado do Rio de Janeiro
Viamão: 3 casos importados de GO, RJ e MS
Vista Alegre: 1 caso importado do Maranhão
Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Secretaria da Saúde / RS
CONVIDAMOS A TODOS
 ENTRADA FRANCA

Jogadores santoaugustenses brilham na Segundona Gaúcha

     Dois santoaugustense brilharam domingo passado jogando pela Segundona Gaúcha 2011 e fazendo a alegria dos torcedores, pela 1ª rodada da segunda fase do campeonato.
     Em Santo Ângelo o jogador Cleberson fez a alegria da torcida da SER Santo Ângelo ao marcar o único gol da partida contra o Guarani de Venâncio Aires, numa partida bastante disputada onde o rápido jogador Cleberson muitas vezes foi cassado em campo, sofrendo várias faltas duras durante o jogo.
     Já em Santa Rosa quem ajudou a construir a goleada do Juventus diante do Passo Fundo foi o zaqueirão João Carlos que marcou o quarto gol do Juventus que venceu por 4x1, confirmando o porquê foi à equipe com o melhor desempenho na primeira fase da competição.
     Além da SER Santo Ângelo e Juventus, temos mais duas equipes próximas de Santo Augusto que também se classificaram para a segunda fase do campeonato. O Panambi que jogou em casa e ficou no 0x0 com o Sapucaiense e a equipe do União Frederiquense de Frederico Westphalen que foi a Rio Pardo e venceu o Riopardense por 2x1, começando a segunda fase em grande estilo.

     Nesta quarta-feira acontece a segunda rodada da segunda fase, quando várias equipes que jogarão hoje já se enfrentaram na primeira fase:

     - Farroupilha de Pelotas x São Paulo, na primeira fase o São Paulo goleou em casa por 6x0, já em Pelotas voltou a vencer o Farroupilha, mas por apenas 1x0;
     - Guarany de Camaquã x Avenida, jogam pela primeira vez na competição;
     - Sapucaienese x Brasil de Farroupilha, na primeira fase o Sapucaienese venceu em casa por 1x0. Em Farroupilha o Brasil venceu por 2x0;
     - 14 de Julho x Panambi, Jogam pela primeira vez na competição;
     - Guarani de Venâncio Aires x Glória. Vitória do Glória nas duas partidas, em Venâcio Aires por 3x1 e em Vacaria por 2x1;
     - Riograndense x SER Santo Ângelo, na primeira fase o Riograndense perdeu em Santa Maria de 3x0, já em Santo Ângelo conseguiu um empate em 0x0, numa partida que terminou em confusão onde até um canivete apareceu em campo. Hoje, portanto teremos grandes emoções neste jogo;
     - União Frederiquense x Juventus. O Juventus também venceu duas vezes o União, em Santa Rosa por 2x0 e em Frederico Westphalen aplicou uma goleada de 5x1. Agora é outra fase e mais uma grande partida marcará este encontro;
     - Passo Fundo x Riopardense. O Passo Fundo perdeu em casa pelo placar de 2xo, já em Rio Pardo conseguiu um empate em 1x1;
     - Cerâmica x Esportivo. O Esportivo levou vantagem na primeira fase, venceu o Cerâmica em Gravataí por 1x0 e goleou em Bento Gonçalves por 3x0;
     - Brasil de Pelotas x Rio Grande. Em Pelotas o Brasil venceu por 2x0, já em Rio Grande conseguiu um empate em 1x1. Este jogo será realizado amanhã às 20h30m.
Por: Joce Rodrigues

Motorista morre ao ter o carro atingido por botijão de gás em Catuípe

     Um homem morreu ao ter o carro atingido por um botijão de gás, que caiu de um caminhão que trafegava em sua frente na ERS-218, que liga Santo Ângelo a Catuípe. 
     Segundo o Comando Rodoviário de Passo Fundo, o acidente ocorreu no final da tarde de ontem em uma estrada de chão na localidade de Arroio Santa Tereza, pertencente ao município de Catuípe.
     O motorista do carro acabou morrendo com o choque e outras duas pessoas que o acompanhavam ficaram feridas. A vítima foi identificada como Hélio Mello da Rosa, de 37 anos.
Fonte: Zero Hora 

Criança que sobreviveu a acidente na ERS 040 está em estado gravíssimo


Quatro veículos se envolveram na colisão, e um deles pegou fogo
Crédito: Bruno Alencastro


Quatro pessoas morreram em colisão envolvendo quatro veículos


     Um dos três sobreviventes do grave acidente, ocorrido na noite dessa terça-feira, na ERS 040, em Viamão, está em estado gravíssimo na UTI Pediátrica do Hospital de Pronto Socorro (HPS), em Porto Alegre. De acordo com o complexo hospitalar, Gabriel dos Reis Figueira, de quatro anos, foi internado logo após 0h. Inicialmente, ele havia sido levado para o Hospital de Viamão, mas foi transferido para a Capital. Davi Figueira, pai biológico de Gabriel, chegou ao HPS na manhã desta quarta-feira. 
     O menino é filho de Daiana Machado dos Reis, de 21 anos, e enteado de Dênis Costa Lopes, de 53. Ambos estavam no  Volkswagen Passat que colidiu frontalmente com um Chevrolet Ômega, por volta das 21h45min. O casal morreu no acidente. 
     De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar, o Passat se deslocava no sentido Litoral-Porto Alegre e após o choque com o Ômega, no km 13, parou na pista contrária. Logo a seguir, uma picape Fiat Strada colidiu nos dois veículos e entrou numa área mata.  Uma caminhonete Chevrolet S-10, que vinha atrás, também bateu nos veículos, mas, antes de sair da pista, parou no acostamento. 
     Outros duas pessoas faleceram no acidente: Tailon da Silva, de 28 anos, que dirigia o Ômega e a passageira Pâmela Martins Demétrio, de 17. O homem morreu na hora. Pâmela foi encaminhada ao Hospital de Viamão, mas não resistiu aos ferimentos. 
     Os motoristas da Strada e da S-10 – de 27 e 58 anos, respectivamente – sofreram escoriações sem maior gravidade e passam bem.
Fonte: Correio do Povo 

terça-feira, 26 de abril de 2011

Defesa Civil cobra de prefeituras responsabilidade pela prevenção de tragédias

Pelo menos 60 municípios do RS devem fazer

Mapeamento de áreas de risco até o fim do ano


     A expectativa da Defesa Civil Estadual é de que até o fim do ano 60 municípios de regiões como os Vales do Rio Pardo e do Taquari, que compõem a coordenadoria regional de Lajeado, tenham finalizado o mapeamento de áreas de risco. Na tarde desta terça-feira, representantes de 40 cidades participaram de reunião em que discutiram formas de evitar ou minimizar os transtornos decorrentes de fenômenos naturais, como o temporal que matou 12 pessoas, no feriadão de Páscoa.
     O coordenador da regional de Lajeado, major Vinicius Renner Galvani, explicou que o objetivo é de que as prefeituras se tornem responsáveis pelo trabalho de prevenção das tragédias. O major afirmou que o primeiro passo, um dos mais importantes, é o mapeamento das áreas de risco. Outro ponto importante, segundo ele, é que a cidade tenha um plano diretor definido, para que seja possível impedir a ocupação de áreas irregulares.
     O encontro também foi de orientação sobre como agilizar decretos de situação de emergência a fim de acelerar a prestação de socorro a municípios atingidos.
     Os temporais da Páscoa causaram 12 mortes no Rio Grande do Sul.
Fonte: Renata Colombo / Rádio Guaíba

MP denuncia 25 pessoas por suspeita de fraude em ações de marketing do Banrisul

Suspeitos foram denunciados por formação de quadrilha, peculato, 

lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e corrupção passiva


     O inquérito e a denúncia da Operação Mercari, que investigou o superfaturamento de ações de marketing do Banrisul, foram concluídos e encaminhados à Justiça na segunda-feira. Vinte e cinco pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público (MP) por formação de quadrilha, peculato, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e corrupção passiva. 
     A denúncia, que tem 375 folhas, está sob análise da 6ª Vara Criminal, no fórum central de Porto Alegre. A investigação teve início a partir de informações de que ações de marketing do Banrisul, contratadas junto a agências publicitárias, teriam sido superfaturadas via empresas terceirizadas. 

     Entenda o caso
    
A Operação Mercari foi deflagrada em setembro do ano passado. A investigação verificou suspeitas de fraude em ações publicitárias do Banrisul. De acordo com cálculo inicial da Polícia Federal, cerca de R$ 10 milhões foram desviados na fraude. Pelo menos quatro pessoas foram presas, e uma quantia em dinheiro equivalente a R$ 3,4 milhões foi apreendida à época da operação.
Fonte: Zero Hora

Paraná: Dois funcionários suspeitos de fraudes no Imposto de Renda são identificados

     Dois funcionários suspeitos de envolvimento nas fraudes das declarações e restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), foram identificados. Segundo presidente da Casa, Valdir Rossoni (PSDB), um deles tinha cargo comissionado e foi dispensado no mês passado, por motivo não revelado. O outro é funcionários efetivo da Casa e a procuradoria vai analisar que medidas serão tomadas.
     A operação contra fraudes na restituição do Imposto de Renda está sendo desencadeada, em Curitiba, pela Receita Federal, pelo Ministério Publico Federal e pela Polícia Federal, nesta terça-feira (26). Segundo a Receita Federal, funcionários "fantasmas" da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) fizeram declarações do Imposto de Renda e supostamente teriam direito à restituição. As investigações dos três órgãos querem saber quem recebeu essas devoluções, pois alguns dos envolvidos eram "laranjas" e alegaram não ter conhecimento sobre as fraudes.
     Para Rossoni, “é um erro besta achar que a receita federal e a policia federal não encontrariam essa fraude”. O presidente da Alep disse que os funcionários eram da administração anterior e por isso a Casa não estava investigando. Ele garantiu que a partir de agora vai adotar medidas cabíveis e colocou a Assembleia à disposição para que as investigações prossigam.
     Dois HDs foram apreendidos na Assembleia e estão sendo investigadas declarações de 2008 e 2009. “Eles tiveram a informação de que essa operação era feita por alguns, por isso vieram buscar nessas máquinas a fonte”, diz Rossoni. Entre os investigados estariam funcionários que já foram exonerados e outros que são efetivos, mas, segundo Rossoni, não há como demitir os suspeitos sumariamente.
     Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos na capital durante a "Operação Tubarão". Documentos foram recolhidos em três imóveis e um escritório de contabilidade de Curitiba, de acordo com o delegado da Receita Federal em Curitiba, Arthur Cezar Rocha Cazella.
     A Receita e a PF também tiveram autorização do presidente da Alep, Valdir Rossoni, para consultar a base de dados informatizada da Casa. A Justiça Federal enviou requisição para a Casa de Leis solicitando que os três órgãos pudessem prosseguir com as investigações.
     Segundo Cazella, a Receita Federal repassou informações fiscais para os demais órgãos e denunciou declarações com suspeitas de fraude. “A Receita cruzou informações de algumas declarações e chegou a possíveis fraudes. As suspeitas da Receita foram repassadas ao MPF”, explicou o delegado.
     A PF informou que somente auxiliou no cumprimento dos mandados de busca e apreensão e não tinha detalhes sobre a operação.
     Investigações
     As investigações foram desencadeadas em duas vertentes. Uma delas teve início no fim de 2008. Uma mulher procurou a Receita Federal porque estava com o CPF irregular. Ela foi informada que havia problemas com a restituição do Imposto de Renda, no qual constava que ela era funcionária da Assembleia Legislativa do Paraná. De acordo com o delegado, a mulher informou à Receita que nunca trabalhou na Alep e que não tinha recebido nenhuma restituição.
     A segunda vertente teve início após as denuncias feitas pelo jornal Gazeta do Povo e pela RPCTV, na série Diários Secretos. As reportagens denunciaram a contratação de funcionários fantasmas na Alep e o desvio de dinheiro público, entre outras irregularidades. O Ministério Público do Paraná também investiga as irregularidades na Casa de Leis.
     Segundo a estimativa da Receita Federal, um grupo formado por 66 laranjas teria recebido cerca de R$ 1 milhão em restituições do Imposto de Renda nos últimos cinco anos. Algumas pessoas não tinham conhecimento de que estavam sendo utilizadas como "laranjas" no esquema de fraude.
Fonte: Gazeta do Povo

Polícia Civil apreende mais de 100 armas em Bom Jesus


Polícia Civil apreende mais de 100 armas em Bom Jesus
Crédito: Everaldo Camargo / Especial / CP


Arsenal estava com homem de 72 anos

     Um arsenal com quase 100 armas de fogo - entre elas, dois fuzis – e grande quantidade de munição foi apreendido em uma residência, na tarde desta terça-feira, em Bom Jesus, na Serra gaúcha. O artefato estavam com um idoso de 72 anos, morador da cidade, que comercializava as armas para criminosos da região. Ele foi localizado através de denúncia anônima e já tinha antecedentes criminais por porte ilegal de armas. 
     Conforme o delegado do município, Reinaldo Zekuinão Neto, o homem só se manifestará em juízo. Ainda hoje ele será encaminhado para o presídio de Vacaria. As armas apreendidas serão encaminhadas para perícia. As investigações prosseguem, já que existe a possibilidade de o armeiro preso não atuar sozinho.
     O caso é inédito na região. "Nunca havíamos encontrado tantas armas de fogo e munições no município", destacou Zekuinão à Rádio Guaíba. 
Fonte: Otto Herok Netto / Rádio Guaíba e Correio do Povo

Grêmio joga mal, perde em casa e se complica na Libertadores


Grêmio joga mal, perde em casa e se complica na Libertadores
Crédito: Cristiano Estrela


     A Universidad Católica aproveitou um Grêmio desorganizado para fazer aquilo que marcou a campanha dos chilenos na Libertadores: derrotar os adversários fora de casa. Borges, em péssima participação, não só errou um gol, como foi expulso ainda na etapa inicial, após agredir um adversário. Em grande jornada, o argentino Lucas Pratto fez os dois gols que definiram a vitória por 2 a 1.
     O Grêmio começou pressionando, chegou a colocar bola na trave com Douglas, mas depois deixou o Universidad crescer e atacou sem responsabilidade. Em falhas de Gilson e Adilson, levou contragolpes perigosos e, num deles, o gol de Pratto. Na sequência, Borges complicou tudo, ao ser expulso em agressão fora do lance. 
     Tudo desabou aos 29 minutos. Primeiro, o Universidad abriu o placar. Gilson foi tentar sua primeira jogada na partida, perdeu bola no meio de campo e armou o contragolpe. A zaga do Grêmio não conseguiu acompanhar Costa, que encontrou Lucas Pratto, livre na entrada da área. Ele limpou a marcação e deslocou o goleiro Marcelo Grohe.
     Logo em seguida, Borges, que já havia perdido grande chance de gol, perdeu a cabeça e agrediu um zagueiro do Universidad. Ele acertou Martinez no rosto com o braço fora do lance. O bandeirinha viu a agressão e denunciou ao árbitro, que mostrou o cartão vermelho. Apesar da expulsão correta, o árbitro Néstor Pestana merece um capítulo de críticas à parte. 
     Ele deixou o jogo assumir contornos violentes, sem marcar faltas nítidas de ambas as equipes. Além disso, o volante Costa pisou na cara de Fábio Rochemback e fez uma entrada fortíssima em Lins e, mesmo assim, não levou cartão vermelho.
     A derrota tricolor, contudo, não passou pelo juiz. Apenas com Leandro na frente, o time apressou jogadas de ataque e mandou muitas bolas para a área, sem que houvesse alguém para definir. Renato também não fez alterações no time até o segundo tempo. Os zagueiros avançavam, sem cobertura e o Universidad tinha liberdade nos contragolpes, deixando de ampliar por erros individuais.
     Na etapa final, o atacante Lins foi colocado no lugar de Willian Magrão, abrindo o time, mas acrescentando uma alternativa ofensiva. O Tricolor foi para cima, mais na vontade do que no esquema tático, mas conseguiu um alento, aos 14 minutos da etapa final. Douglas, o melhor do time, encontrou um golaço, quando ninguém esperava. O meia recebeu na intermediária, olhou para Garcés adiantado e chutou forte, a bola foi no ângulo direito do goleiro chileno, que ainda roçou os dedos na bola.
     A injeção de ânimo, porém, durou pouco. O Tricolor continuou repetindo erros e deixando o Universidad controlar a posse de bola. Aos 29 minutos, Pratto voltou a silenciar o Olímpico. Em contragolpe, a zaga do Grêmio parou e, em cruzamento de Cañete, cabeceou para as redes, sem chances para Grohe.
     No desespero, Renato ainda tirou Leandro, apagado, para colocar Carlos Alberto, de pouca efetividade; e, aos 43 minutos, mandou Escudero a campo no lugar de Gilson, que durante todo o jogo anulou o lado esquerdo do Tricolor. A entrada dos jogadores de frente, contudo, não alterou o panorâma da partida. Agora, o Grêmio precisa vencer por mais de dois gols de diferença, no Chile, para seguir na Libertadores.
Fonte: Bernardo Bercht / Correio do Povo

Justiça libera seis dos oitos albergues interditados na Região Metropolitana

     A Vara de Execuções Criminais (VEC) do Tribunal de Justiça do Estado liberou seis dos oitos albergues que estavam interditados desde fevereiro, na Região Metropolitana. Com a decisão, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) fica autorizada a enviar detentos para os albergues Instituto Penal de Viamão (IPV), Instituto Penal Escola Profissionalizante de Charqueadas (IPEP), Casa do Albergado Santos Medeiros de Gravataí (CASM), Instituto Penal de Canoas (IPC), Instituto Penal Miguel Dario (IPMD) e Patronato Lima Drummond de Porto Alegre.
     A decisão foi tomada pela Juíza de Direito Adriana da Silva Ribeiro, em substituição no Juizado de Fiscalização de Presídios da Região Metropolitana de Porto Alegre. A VEC não liberou, porém, a Casa do Albergado Padre Pio Buck de Porto Alegre e Colônia Penal Agrícola Gal. Daltro Filho - CPA de Charqueada.
     O motivo da interdição havia sido o descumprimento de ordens judiciais relativas à transferência de presos do regime fechado para o regime semiaberto e aberto devido a superlotação dos albergues. Nos dois albergues que permanecem interditados, as exigências da Justiça não foram cumpridas pela Susepe.
     A partir desta terça, os presos primários de novo ingresso (sem passagem pelo sistema prisional) dos regimes aberto e semiaberto devem ser recolhidos somente no IPC, CASM, IPMD e Patronato Lima Drumonnd, considerando que, desde dezembro de 2010, se decidiu pela mudança de perfil dessas casas prisionais, passando a acolher somente presos trabalhadores.
Fonte: Rádio Guaíba

Autismo em debate na Assembleia Legislativa



     “O problema do autismo deve ser um compromisso que tem que ser encarado de frente pelas nossas universidades na formação e qualificação de profissionais da área médica e educacional”. A afirmação foi feita pela deputada Marisa Formolo, depois de ouvir os depoimentos emocionados de mães de filhos autistas que relataram suas dificuldades em relação ao diagnóstico e tratamento da doença e à falta de escolas preparadas para lidar com crianças portadoras da síndrome, durante audiência pública realizada nesta terça-feira (26). 
     Marisa presidiu a abertura dos trabalhos da audiência,  da comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia. O encontro reuniu pais e alunos de escolas de Rio Grande, Passo Fundo e Pelotas, a Associação de Pais e Amigos de Autistas do Rio Grande do Sul (AMAR) e os deputados, no Plenarinho da Assembleia Legislativa.
     “Precisamos de políticas públicas que capacitem nossos educadores e que criem espaços de convivência social. Os professores que trabalham com o atendimento educacional especializado precisam ter condições materiais diferenciadas a seu alcance, como salas de Recursos Multifuncionais”, explicou a deputada.
     O autismo é considerado pela psiquiatria moderna um distúrbio do desenvolvimento multifatorial – suas causas podem ser múltiplas, e não necessariamente as mesmas para diferentes pessoas, o que torna difícil o diagnóstico. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), existem cerca de 70 milhões de autistas no mundo todo e no Brasil, o número já chega a 2 milhões.
Fonte: Andréa Martins - MTE 6095 / Gabinete da deputada Marisa Formolo